Zahar

Eça de Queirós

Nascido em 1845, em Portugal, José Maria de Eça de Queirós viveu os seus dez primeiros anos de vida na companhia de uma ama e depois de seus avós paternos no povoado de Verdemilho, por ter sido fruto do relacionamento escondido entre um filho de magistrado de Póvoa de Varzim e uma moça solteira da média burguesia. Foi registrado como filho de mãe incógnita e assim permaneceu até quase os quarenta anos, só conseguindo o reconhecimento da maternidade às vésperas de seu próprio casamento.

Um dos mais importantes escritores portugueses, Eça de Queirós foi cônsul, jornalista, ativista político - ao lado de amigos célebres como Antero de Quental - e autor de grandes obras como Os Maias, O primo Basílio e O crime do Padre Amaro, cujas críticas sociais e questionamentos à existência humana permanecem atuais até os dias de hoje.

Compartilhe

Comentar