Zahar

Raul Pompeia

RAUL POMPEIA (1863-1895) publicou seu primeiro romance aos 17 anos e consagrou-se definitivamente como escritor com O Ateneu (1888). Colaborou como jornalista na imprensa de São Paulo e do Rio de Janeiro e lutou pelas causas abolicionista e republicana. Seu inflamado discurso no enterro de Floriano Peixoto acarretou sua exoneração da Biblioteca Nacional e uma depressão, que levou-o ao suicídio no Natal de 1895.

Compartilhe

Comentar